Preparado para aprender de vez a diferença entre o do e o does em inglês? A diferença entre eles é muito fácil e muito importante para um estudante de inglês.

O do é um dos verbos mais comuns em inglês. Exatamente porque ele é utilizável em muitas situações. Talvez, uma das dificuldades do inglês é que existem muitas especificidades que não temos no nosso idioma, e uma delas é o uso dos auxiliares “do” e “does”.

Usando do

Antes de qualquer coisa tenho de falar que o verbo “do” – como verbo principal – possui vários significados. O mais comum, claro, é “fazer“; porém, há ainda outros. Veja os exemplos abaixo:

  • do the homework – fazer a tarefa de casa
  • do a test – fazer um teste/prova
  • do the hair – arrumar/pentear o cabelo
  • do food – servir comida (em um restaurante)

Enfim, você entenderá o significado do verbo “do” de acordo com as palavras próximas a ele.

O verbo do pode ser consideração um verbo de ação e um verbo auxiliar. Para entendermos a diferença entre o do e o does no inglês, é preciso explicar que ambos são verbos auxiliares.

Verbos auxiliares são aqueles que auxiliam o verbo principal de uma frase a mudar de tempo verbal em diversas formas. Sendo assim, verbos auxiliares não fazem sentido algum ficarem sozinhos em uma frase.

Usando o does

A palavra “does” nada mais é do que o verbo “do” conjugado na terceira pessoa do singular. Eu sei que esse negócio de regras e termos técnicos são chatos, mas não dá para evitar; temos de falar a respeito.

Para simplificar anote aí que a terceira pessoa do singular em inglês pode ser “he“, “she” ou “it“. Assim dizemos,

  • He does the ironing. (Ele passa a roupa.)
  • She does the laundry. (Ela lava a roupa.)
  • He does his homework. (Ele faz a tarefa de casa.)
  • She does a favor. (Ela faz um favor.)

Resumo

Não há segredo quando usar o do ou does em inglês. A minha dica é que ao invés de decorar regras, procure aprender por meio do uso. Tudo em inglês é uma questão de prática.

A principal diferença entre “does” e “do” está diretamente ligada ao uso dos pronomes pessoais